Colunista alerta para os cuidados com o uso da maconha medicinal

Lotufo diz que “a lesão da maconha no cérebro é muito evidente, com diminuição de massa cinzenta, causando problemas de memória, relacionamentos, sociabilidade e aprendizado, entre outros”

 22/06/2021 - Publicado há 4 meses
Por

Em congresso médico realizado pelo Conselho Federal de Medicina, em Brasília, sobre o uso da maconha para fins terapêuticos, João Paulo Lotufo alertou sobre os riscos do uso da erva por jovens e crianças. O pediatra, com 34 anos de profissão, afirma que é muito grave o uso da maconha, porque afeta pulmão e cérebro.

Ao longo de sua vida profissional, atendeu vários surtos psicóticos, jovens com esquizofrenia, isso sem falar das lesões cerebrais definitivas, muitas imperceptíveis pelo próprio paciente. “A lesão da maconha no cérebro é muito evidente, com diminuição de massa cinzenta, causando problemas de memória, relacionamentos, sociabilidade, aprendizado, isso sem falar do câncer”, avalia Lotufo.

Na opinião do colunista, o exemplo de esportistas como o jogador Casagrande pode ajudar, e muito, a causa, orientando jovens no sentido de que o uso dessas substâncias é prejudicial.


Dr. Bartô e os Doutores da Saúde
A coluna Dr. Bartô e os Doutores da Saúde, com o médico assistente do Hospital Universitário da USP João Paulo Lotufo, vai ao ar toda terça-feira às 09h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.