Saúde Sem Complicações #39: Não tratar rinite pode trazer graves consequências

Mesmo sem ter cura, rinite pode ser amenizada com tratamentos frequentes que melhoram qualidade de vida, evitam instalação de infecções e apneia obstrutiva do sono

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=370612

Saúde Sem Complicações #39: Não tratar rinite pode trazer graves consequências
Saúde sem Complicações

 
 
00:00 / 26:47
 
1X
 

O podcast Saúde Sem Complicações desta semana recebe a professora e médica otorrinolaringologista Fabiana Cardoso Pereira Valera, do Departamento de Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, para falar sobre rinite.

A professora explica que a rinite é caracterizada pela inflamação da mucosa do nariz, que provoca obstrução nasal, mais conhecida como nariz entupido. Além deste, a rinite também causa sintomas comuns como espirros, secreções e coceira no nariz.

Fabiana conta que existe mais de um tipo de rinite, porém, a mais comum é a rinite alérgica, causada por alergias como as provocadas pela poeira, pelos de animais domésticos e até mesmo fungos. Segundo a médica, outros tipos de rinite são mais raros e podem estar relacionados à gravidez, à presença de substâncias no ambiente de trabalho ou doméstico, entre outros.

Além dos sintomas, a rinite também traz consequências para a qualidade de vida do paciente. “É comum que os sintomas da rinite piorem durante a noite, quando a pessoa deita para dormir, dificultando que o paciente tenha uma boa noite de sono. Além disso, a sensação do nariz estar escorrendo o tempo todo atrapalha as atividades do dia a dia do paciente”, afirma a professora.

A doença não tem cura, adianta Fabiana, mas tratamentos regulares controlam os sintomas e melhoram a qualidade de vida do paciente. Alguns dos possíveis tratamentos são realizados com sprays nasais, lavagem do nariz com soro fisiológico e medicamentos orais. Nos casos de rinite alérgica, é recomendada a busca pela imunoterapia, realizada com o médico alergista. 

A professora também explica que a falta de tratamento adequado para a doença aumenta as chances de o paciente apresentar outras infecções graves, como a otite e a rinossinusite, por exemplo. Fabiana também chama a atenção para o risco do desenvolvimento de apneia obstrutiva do sono, devido à força realizada para conseguir respirar enquanto dorme.

Para saber mais, ouça o podcast na íntegra no player acima.

 


Saúde sem complicações

Apresentação: Mel Vieira
Produção: Mel Vieira e Flávia Coltri
Edição: Rita Stella
Edição Sonora: Mariovaldo Avelino e Luiz Fontana
Coordenação: Rosemeire Talamone
Edição Geral: Cinderela Caldeira
E-mail: ouvinte@usp.br
Horário: terça-feira, às 13h.
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 107,9; ou Ribeirão Preto FM 107.9, ou pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular para Android e iOS
 

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.