Momento Sociedade #25: Mundo continuará vivendo sob tensão com reeleição de Trump

José Luiz Portella analisa que para o Brasil a reeleição não garante vantagens nas relações comerciais, já que o presidente dos EUA deve radicalizar em busca de seu próprio eleitorado

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=301725

Momento Sociedade #25: Mundo continuará vivendo sob tensão com reeleição de Trump
Momento Sociedade - USP

 
 
00:00 / 7:33
 
1X
 

No Momento Sociedade desta semana o assunto abordado foram as eleições nos Estados Unidos e a repercussão mundial. Já começaram as primárias para a escolha do representante do partido Democrata que enfrentará o presidente Donald Trump, republicano que tenta a reeleição depois do processo de impeachment rejeitado no Senado. José Luiz Portella, doutorando pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, analisa que tudo aponta para uma eleição apertada, embora com favoritismo de Trump até agora.

“A grande discussão é quem tem condições de derrotar Trump”, afirma Portella. Hoje o grande problema dentro do partido Democrata é a divisão entre os moderados, representados por Pete Buttigieg e Amy Klobuchar, que somados superam os votos de Bernie Sanders e Elisabeth Warren, candidatos mais à esquerda. Joe Biden caiu muito no interesse do eleitorado desde o início das primárias. Sanders disputa com Buttigieg pelo maior número de delegados, mas com uma margem pequena. Michael Bloomberg, que foi prefeito de Nova York, é a grande novidade e chega com uma campanha milionária, mas ainda é uma incógnita se vai conseguir espaço na disputa democrata.

Sanders e Warren movimentam um eleitorado que nem sempre vai votar, jovens e negros que estão em situação de maior vulnerabilidade. Por outro lado, explica Portella, eles não têm o eleitorado americano tradicional, do meio oeste, formado por brancos e trabalhadores. Para vencer Trump será necessário uma dupla de candidatos que una os dois perfis de eleitores.

Em relação ao Brasil, mesmo a reeleição de Trump não garante mais vantagens em termos de relações comerciais, já que o presidente dos EUA deve radicalizar em busca de seu próprio eleitorado que exige medidas protecionistas, complicando a relação com parceiros comerciais, principalmente a China. Portella acredita que o mundo vai continuar vivendo em um ambiente de tensão. “Trump continuará defendendo seu próprio interesse e o dos EUA.”


Momento Sociedade
O Momento Sociedade vai ao ar na Rádio USP todas as segundas-feiras, às 8h30 – São Paulo 93,7 MHz e Ribeirão Preto 107,9 MHz e também nos principais agregadores de podcast

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.