Cinco professores da USP tomam posse como novos membros da Academia Brasileira de Ciências

A cerimônia foi realizada no último dia 8 de maio, durante a Reunião Magna da ABC, na Escola Naval do Rio de Janeiro.

 Publicado: 13/05/2024     Atualizado: 17/05/2024 as 15:27
Por
Cerimônia de posse foi realizada na Escola Naval do Rio de Janeiro - Foto: Cristina Lacerda

Cinco professores da USP foram empossados como novos membros da Academia Brasileira de Ciências (ABC). São eles: Marly Babinski, do Instituto de Geociências (IGc); Vera Lucia Imperatriz Fonseca, do Instituto de Biociências (IB): Patricia Chakur Brum, do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) e da Escola de Educação Física e Esporte (EEFE); Julio Romano Meneghini, da Escola Politécnica (Poli); e Renato Janine Ribeiro, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). 

A cerimônia foi realizada no último dia 8 de maio, durante a Reunião Magna da ABC, na Escola Naval do Rio de Janeiro.

Foram nomeados 23 novos membros da Academia, eleitos em dezembro de 2023 por meio de votação interna. A composição do grupo é majoritariamente feminina, com 60% de integrantes mulheres, o que reflete os avanços recentes na busca pela igualdade de gênero na comunidade científica. 

Além dos cinco professores, outras duas integrantes do corpo docente da USP foram eleitas para a ABC, como membros afiliados da região São Paulo: Larissa Dias da Cunha, professora da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), como afiliada das Ciências Biomédicas, e Maria Carolina Quecine, docente na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), como afiliada da área de Ciências Agrárias.

Professores eleitos

Marly Babinski, eleita como titular de Ciências da Terra, é professora e diretora do Instituto de Geociências (IGc). Formada em geografia pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos e mestre e doutora em Tecnologia Nuclear pela USP, atua em pesquisas que envolvem estudos ambientais de solos e sedimentos. Além do IGc, Marly já atuou na Pró-Reitoria de Pós-Graduação da USP e foi vice-presidente e diretora adjunta de Relações Acadêmicas Nacionais da Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (Aucani).

Vera Lucia Imperatriz Fonseca é bacharel e licenciada em Ciências Biológicas pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP), com mestrado e doutorado pelo Instituto de Biociências (IB) da USP, onde iniciou sua carreira como professora. Eleita titular de Ciências Biológicas, Vera é professora na área de ecologia e tem extensa e relevante pesquisa sobre abelhas, insetos polinizadores e sustentabilidade no uso de recursos naturais. 

Professora da Escola de Educação Física e Esporte (EEFE), Patricia Chakur Brum, eleita como titular de Ciências Biomédicas, é formada em Educação Física pela Fundação Educacional de São Carlos e doutora em Educação Física pela USP. Com pós-doutorado em Fisiologia Celular e Molecular pela Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, Patricia estuda os efeitos do treinamento físico na insuficiência cardíaca e no câncer. 

Titular de Ciências da Engenharia, Julio Romano Meneghini é bacharel em física e mestre em Engenharia Mecânica pela USP, além de PhD em Aerodinâmica pela Universidade de Londres. Professor da Escola Politécnica (Poli), Meneghini é coordenador do Centro de Estudos de Gases do Efeito Estufa (RCGI, na sigla em inglês), ligado à Reitoria, e desenvolve atividades de pesquisas sobre métodos numéricos aplicados a fenômenos de transporte e mecânica dos fluidos.

Ministro da Educação de abril a setembro de 2015, Renato Janine Ribeiro é graduado e doutor em Filosofia pela USP, com mestrado pela Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne. Eleito titular de Ciências Sociais, é professor da Universidade na disciplina de Ética e Filosofia Política, professor honorário do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP desde 2016 e pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com enfoque na área de filosofia e teoria política.

*Estagiária sob supervisão de Michel Sitnik


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.