Reitor visita as instalações do Centro Experimental Aramar, da Marinha

No dia 14 de julho, o reitor Marco Antonio Zago e dirigentes da USP visitaram as instalações do Centro Experimental Aramar (CEA), base do Programa Nuclear da Marinha do Brasil, localizado na cidade de Iperó.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
SAMSUNG CAMERA PICTURES
Entre os locais visitados está o Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica (Labgene), que será uma instalação experimental, em terra, de uma planta de propulsão naval nuclear

No dia 14 de julho, o reitor Marco Antonio Zago visitou as instalações do Centro Experimental Aramar (CEA), base do Programa Nuclear da Marinha do Brasil, localizado na cidade de Iperó, em São Paulo. A visita teve como principal objetivo reforçar a longa relação que a Universidade tem com a Marinha – especialmente nos campos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e formação de pessoal – e discutir novas possibilidades de parceria.

Acompanharam a visita o vice-reitor Vahan Agopyan; o pró-reitor de Pesquisa, José Eduardo Krieger ; o pró-reitor de Pós-Graduação, Carlos Gilberto Carlotti Júnior; o diretor do Instituto de Química, Luiz Henrique Catalani; o diretor do Instituto de Química de São Carlos, Germano Tremiliosi Filho; e o diretor do Instituto de Física de São Carlos, Tito José Bonagamba.

Os dirigentes foram recebidos pelo diretor do Centro Tecnológico da Marinha de São Paulo (CTMSP), contra-almirante André Luís Ferreira Marques, que apresentou as instalações da Unidade Piloto de Hexafluoreto de Urânio (Usexa), o Laboratório de Enriquecimento de Isotópico e o Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica (Labgene), ainda em fase de construção.

Localizado a 120 km da capital paulista, o complexo de Aramar abrigará – quando estiver em completo funcionamento – as principais oficinas, usinas, laboratórios e protótipos desenvolvidos pelo Programa Nuclear da Marinha, cujo objetivo é estabelecer a competência técnica para projetar, construir, operar e manter sistemas de propulsão com reatores do tipo Reator de Água Pressurizada (PWR), e produzir o seu combustível para a propulsão naval.

(Foto: Comunicação Social do Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo – CTMSP)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados