Diretor e vice-diretor da FEA são empossados

Os professores Adalberto Américo Fischmann e Joaquim José Martins Guilhoto tomaram posse como diretor e de vice-diretor, em cerimônia realizada no Auditório FEA-V, na noite da terça-feira, dia 4 de novembro.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Os professores Adalberto Américo Fischmann e Joaquim José Martins Guilhoto tomaram posse como diretor e de vice-diretor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA), em cerimônia realizada no Auditório FEA-V, na noite da terça-feira, dia 4 de novembro

(Da esq. p/ dir.) Os novos vice-diretor e diretor da FEA; o vice-reitor Vahan Agopyan; o reitor Marco Antonio Zago; o ex-diretor e o ex-vice-diretor da Unidade, respectivamente, Reinaldo Guerreiro e Nicolau Reinhard; e o secretário-geral da USP, Ignacio Maria Poveda Velasco



“Há exatos 50 anos eu ingressava na área de Administração”, lembrou Fischmann em seu discurso, no qual falou da emoção que teve ao ser aprovado no vestibular e do sentimento ao tornar-se diretor da Unidade que foi estudante de graduação e pós-graduação.

O diretor ressaltou que a FEA tem expertise para ajudar tanto nos problemas da USP quanto nos do Brasil, já que possui cursos ligados diretamente à área econômica e de gestão: Administração, Ciências Atuariais, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas.

Novos projetos

Ele também elencou algumas de suas metas para os próximos quatro anos como dirigente da Unidade: desenvolver projetos integrados e ter maior sinergia entre os cursos de graduação oferecidos, estimular o ensino de disciplinas na língua inglesa; reforçar sua inserção internacional por meio de convênios efetivos com destacadas universidades e centros de pesquisa, colocar em operacionalização o Fundo Patrimonial, conhecimento por “Endowment”.

Fischmann, no cargo desde 14 de julho deste ano, ressaltou estar emocionado de ter sido estudante de graduação e pós-graduação da FEA e depois tornar-se dirigente

“Cerimônia de posse sempre é um momento de festa, celebração, novos projetos, renovação. Por isso, os convido para trabalharmos juntos”, destacou o reitor Marco Antonio Zago. O dirigente da universidade afirmou que este é o momento de mudar procedimentos, distorções; incentivou os professores a darem aulas mais inovadoras e maior orientação aos alunos. “Porque a USP não pode dar valor somente às pesquisas, mas ao ensino de graduação também”.

Zago reforçou que a USP precisa ter uma maior integração com a sociedade, ajudando a resolver os problemas das pessoas, cidade e país; atuando para melhorar o Ensino Médio. E, aproveitou para dizer que “é preciso afirmar, desde já, que não há crise na Universidade, mas sim posições conflitantes”, pois, segundo ele, não é interessante existir apenas aqueles que veem na Universidade somente uma maneira de se beneficiar pessoalmente.

Para finalizar, em consonância com o falado pelo diretor sobre a colaboração da Unidade com as questões da USP, Zago lembrou que com a ajuda de docentes da FEA está sendo elaborada proposta de criação da Controladoria da Universidade – Portaria do Gabinete do Reitor nº 6.552 – e que a nova direção “pode contar com a Reitoria para progredir com o projeto acadêmico da FEA”.

O encerramento da cerimônia foi feita com a apresentação do Coro de Câmara Communicantus, que é um projeto conjunto do Communicantus: Laboratório Coral e da Pró-Reitoria de Graduação da USP, formado por estudantes bolsistas de graduação da Universidade, que iniciou suas atividades em agosto de 2013, sob regência do professor da ECA, Marco Antonio da Silva Ramos.

(Fotos: Ernani Coimbra)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados