Pirassununga inaugura Seção de Vendas de alimentos produzidos pela USP

Localizada na frente da entrada principal do campus, a Seção de Vendas comercializa legumes, carnes e laticínios

A Seção de Vendas do Campus USP “Fernando Costa” funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h15 – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O excedente dos alimentos produzidos em atividades de ensino e pesquisa do Campus USP “Fernando Costa”, em Pirassununga, agora está disponível para comercialização. A Prefeitura do Campus inaugurou, no dia 9 de agosto, a Seção de Vendas do Laboratório Multiusuário de Pesquisa e Difusão de Produtos, localizada na frente da entrada principal do campus.

“O aumento da nossa produção vem ocorrendo naturalmente nos últimos anos, em decorrência do desenvolvimento do campus, que, além da implantação dos novos cursos de Engenharia de Biossistemas e Medicina Veterinária, também tem aumentado as pesquisas na área de produção animal, com apoio de agências de fomento e da iniciativa privada”, explicou o prefeito do Campus USP “Fernando Costa”, Arlindo Saran Netto.

O espaço comercializa legumes, hortaliças, carnes e laticínios produzidos pela Universidade, além de proporcionar a divulgação, análise, demonstração e degustação dos produtos, que possuem registro no Serviço de Inspeção Estadual (SISP).

“Nossa produção é resultado da implementação de novas técnicas e processos; por isso, os produtos apresentam uma qualidade diferenciada que tem sido muito elogiada pelo público consumidor”, garantiu o prefeito do campus.

Seção de Vendas do Laboratório Multiusuário de Pesquisa e Difusão de Produtos – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

A Seção de Vendas funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h15, e tanto a oferta quanto a variedade de alimentos dependem da produção do campus.

“A USP é de todos”

“A Seção de Vendas não é apenas um ponto para a comercialização de alimentos, é um local de intercâmbio da USP com o município de Pirassununga, uma oportunidade para mostrar à comunidade o resultado do trabalho que desenvolvemos aqui, aperfeiçoando as técnicas de produção e aprimorando a qualidade dos alimentos, em benefício de toda a sociedade. A USP é de todos os cidadãos paulistas”, ressaltou o reitor Vahan Agopyan.

Ainda sobre a integração da Universidade com a cidade, o vice-reitor Antonio Carlos Hernandes lembrou que “Pirassununga foi a primeira cidade escolhida para a implantação do programa USP Municípios – lançado no ano passado com o objetivo de criar ambientes de inovação e pôr em prática projetos e ações que promovam o desenvolvimento de municípios e suas regiões”.

“Em junho, foram realizados os primeiros dois cursos de capacitação profissional oferecidos pelo programa, que atraíram não só pessoas da região de Pirassununga, mas também de cidades distantes e até da capital”, disse Hernandes. Para o mês de agosto já estão programados mais oito cursos nas áreas de produção de alimentos e meio ambiente.

Prestigiaram a inauguração dirigentes da USP, representantes da Câmara de Vereadores e da Prefeitura de Pirassununga – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Drone para patrulhamento

Além da nova Seção de Vendas do Laboratório Multiusuário de Pesquisa e Difusão de Produtos, outras obras de infraestrutura foram inauguradas no campus, como a rede de saneamento básico da região 1; a subestação e rede de distribuição de energia; os sistemas e equipamentos de proteção e combate a incêndios no Prédio Central; e a Base Compartilhada da Segurança do Campus, Guarda Civil Municipal e Polícia Militar.

Também foram entregues as autorizações para três agentes da Guarda Universitária operarem o drone que fará o patrulhamento aéreo do campus. A utilização desse tipo de equipamento está sendo testada pela Superintendência de Prevenção e Proteção Universitária como uma ferramenta alternativa para a vigilância de grandes áreas como, por exemplo, o campus USP “Fernando Costa”, que possui 2.200 hectares de área, incluindo 682 hectares de reserva ecológica, além das áreas de pastagem e de cultivo.

A cerimônia que marcou as inaugurações foi realizada no dia 9 de agosto, no Anfiteatro do Prédio Central – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Nova infraestrutura

Beneficiando diretamente os estudantes, foram concluídas a reforma e a adequação das alas B e D da moradia estudantil e a pista de atletismo. Também foram inaugurados a Horta/Horto do campus, com o apoio da Superintendência de Gestão Ambiental; e o Biodigestor, em parceria com empresas do setor privado.

“O desenvolvimento da infraestrutura do campus é fundamental para que possamos proporcionar adequadamente a formação de profissionais capacitados, desenvolver pesquisas de ponta e atender às demandas cada vez maiores do setor do agropecuário”, explicou o prefeito do campus, Arlindo Saran Netto.

Estavam presentes na cerimônia de inauguração das benfeitorias do campus o superintendente de Espaço Físico (SEF), Francisco Ferreira Cardoso; o superintendente de Prevenção e Proteção Universitária e diretor da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), José Antonio Visintin; a diretora da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA), Elisabete Maria Macedo Viegas; o coordenador de Administração Geral (Codage), Luiz Gustavo Nussio; o coordenador adjunto da Codage e ex-prefeito do Campus USP “Fernando Costa”, Flávio Vieira Meirelles; além de dirigentes da Universidade e representantes da Câmara de Vereadores, da Prefeitura de Pirassununga e da Polícia Militar.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.