Eventos encerram ciclo de apresentação de livro sobre futebol de várzea

Com foco na várzea paulista, obra adentra uma paisagem social pouco explorada pela história do esporte

Lançado em maio deste ano, Futebol de Várzea em São Paulo – A Associação Atlética Anhanguera (1928-1940), é obra de Diana Mendes Machado da Silva. Mestranda na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, seu trabalho conta a história do esporte paulistano de maneira inédita — adentrando em aspectos sociais que vão além das quatro linhas e dos 22 jogadores envolvidos.

Até a segunda quinzena de setembro, três eventos gratuitos fecharão um ciclo de palestras relacionados ao livro. O primeiro encontro está marcado para o dia 18 de agosto, sexta-feira, às 18h, no Anfiteatro Nicolau Sevcenko do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas sobre Futebol e Modalidades Lúdicas (Ludens) da USP. Com participação dos professores Flávio de Campos, José Carlos Marques e José Renato Araújo, o objetivo do evento é fomentar um debate tendo a presença e a obra de Diana como base.

Os dois últimos encontros serão nos dias 1º e 14 de setembro, respectivamente na Faculdade Getúlio Vargas do Rio de Janeiro e na Livraria Vertov, em Curitiba.

História da várzea

Além dos debates sobre o livro, que chegam ao seu final, a autora participará de um evento denominado Ciclo História da Várzea. Marcado para o dia 16 de setembro, das 9h às 13h, no Museu do Futebol, Diana será responsável por abordar um panorama histórico do esporte na capital. Após a palestra, haverá bate-papo com jornalistas, ex-jogadores e representantes do futebol de varzeano paulista — o foco é colocar o desporto amador em pauta.

O evento é aberto e gratuito. Para se inscrever, basta comparecer ao local no dia ou fazer de forma prévia através do site. O Anfiteatro Nicolau Sevcenko localiza-se na Avenida Professor Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo. O Museu do Futebol localiza-se na Praça Charles Miller, s/n – Pacaembu, São Paulo.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.