Faculdade de Medicina e Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto divulgam análise sobre os impactos do distanciamento social na cidade e região

Documento foi assinado por dirigentes e profissionais da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP e do Complexo Saúde vinculados ao Hospital das Clínicas da FMRP 

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto  (HCRP/USP). Foto: Marcos Santos

O texto Distanciamento social ampliado durante a pandemia provocada pelo novo coronavírus: Uma contribuição para a análise da situação em Ribeirão Preto traz uma análise profunda sobre a situação da cidade com o distanciamento social ampliado durante a pandemia provocada pelo novo coronavírus, e as ações para o seu controle na região. 

Nele são descritos os fatores que definem a transmissibilidade do vírus sars-cov-2 e o impacto desses fatores em ações de controle da infecção viral. Também apresentam evidências científicas que demonstram o impacto positivo do distanciamento social ampliado sobre a transmissão da infecção e sobre a adequação da capacidade instalada de atendimento à população acometida, além do impacto do distanciamento social ampliado na economia. 

“Manifestamos nossa convicção da importância e necessidade de manutenção das medidas de distanciamento social ampliado, acompanhamento rigoroso da evolução do número de casos e os respectivos desfechos, sem prejuízo de análise sistematizada e rigorosa de plano de liberação progressiva e cuidadosa desse distanciamento, com base nas recomendações da OMS, no resultado das experiências nacionais e internacionais e na necessária ampliação dos testes diagnósticos que permitam caracterizar a magnitude de contaminação da população. Nossas instituições e profissionais de saúde estão disponíveis para contribuir com a sociedade em discussões visando à liberação progressiva, em fases bem estabelecidas, das restrições impostas pelo distanciamento social ampliado às atividades econômicas, educacionais, culturais e sociais, sem descuidar de um acompanhamento rigoroso da evolução da pandemia na nossa cidade e região, que possa oferecer segurança à população”, finalizam.

Leia o documento na íntegra aqui

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.