Poluição ambiental minimiza benefícios da atividade física

Pessoas que se exercitam em lugares poluídos sofrem mais de cansaço e têm aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial

A escolha do local para a prática da atividade física é muito importante. Se o local for ao ar livre e próximo de avenidas de grande fluxo de tráfego de automóvel, a concentração de poluentes  vai influenciar o rendimento e, no futuro, o praticante poderá ter problemas de saúde. O monóxido de carbono, por exemplo, é facilmente absorvido durante a respiração, tanto quanto o oxigênio. Resultado: cansaço, aumento da frequência cardíaca, da pressão arterial e, a longo prazo, risco de doenças respiratórias. Vamos ouvir mais  sobre o assunto, clicando no link acima.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.