Pobreza esconde talentos que poderiam ajudar no desenvolvimento

Luciano Nakabashi fala sobre o papel do governo na luta contra a pobreza

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


.
Na coluna “Reflexão Econômica” desta semana, o professor Luciano Nakabashi afirma que
a pobreza pode ser considerada uma falha de mercado, porque tem características de bem público. Dessa forma, é difícil para o setor privado fornecer determinado bem sem excluir as pessoas, e essa é uma justificativa para a criação de medidas para acabar com a pobreza.

Ele também fala que pessoas talentosas poderiam auxiliar no desenvolvimento do País, mas, por estarem em bairros pobres e favelas, não possuem acesso à educação e também não aprimoram suas habilidades. Nakabashi cita, como exemplo de medida proposta pelo governo, o Programa Bolsa Família, que custa pouco e tem efeitos positivos, como a redução da pobreza e a obrigação da frequência escolar das crianças. Ouça no link acima a íntegra da coluna do professor Luciano Nakabashi.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados