Número de mortes causadas por policiais bate recorde em São Paulo

Aumento nos índices de letalidade policial não reflete necessariamente crescimento da criminalidade, diz pesquisador

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Só em 2017, 939 pessoas foram mortas por policiais civis e militares em São Paulo. O número é o maior desde 1996, quando teve início a contabilização dos dados. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública do Estado.

A Rádio USP conversou com André Zanetic, pesquisador do Núcleo de Estudos da Violência da USP, sobre os motivos que levam a esse aumento nos números da violência, a tendência de resolução desses casos e as perspectivas para o futuro da segurança pública no Estado.

Ouça a matéria completa no áudio acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados