“Não é a pobreza que desmata, é a riqueza”

O jornalista Alceu Luís Castilho afirma que o capital nacional e o internacional assina o desmatamento na Amazônia

O programa Ambiente É o Meio desta semana conversa com o jornalista e escritor Alceu Luís Castilho. Diretor do site De olho nos ruralistas, Castilho fala sobre um levantamento feito pelo observatório sobre as multas aplicadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) nos últimos 25 anos.

Pela publicação, nesse período, o Ibama emitiu cerca de 250 mil multas, tendo como maiores infratores, segundo Castilho, 4.600 pessoas físicas e jurídicas que, juntas, somam R$ 25 bilhões em multas, ou 72% do valor total das autuações, que gira em torno de R$ 35 bilhões. Afirma ainda o jornalista que, “para o senso comum, os maiores desmatadores são madeireiros, garimpeiros e coronéis que vivem na região, quando, na verdade, é o capital nacional e internacional que assina o desmatamento na Amazônia”. 

Apenas 1,4% do total de autuações são pagas ao Ibama, segundo Castilho. Ele conta que as dívidas, na maioria das vezes, não são de pequenos madeireiros e garimpeiros, mas, sim, de indivíduos milionários: banqueiros, empreiteiros, governadores, ex-governadores, donos de empresas diversas e “pessoas que estão nas colunas sociais de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba” que encabeçam o ranking com as maiores dívidas. “Não é a pobreza que desmata, é a riqueza”, afirma. 

Ouça na íntegra o programa Ambiente É o Meio no player acima.


Ambiente é o meio

Apresentação: Professores Marcelo Marine Pereira de Souza e José Marcelino de Resende Pinto (ambos professores da FFCLRP)
Coordenação: Rosemeire Talamone
Produção: Marcelo Marine Pereira de Souza e José Marcelino de Resende Pinto (ambos professores da FFCLRP)
Edição Geral: Cinderela Caldeira
Edição Sonora: Mariovaldo Avelino e Luiz Fontana
E-mail: ouvinte@usp.br
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 107,9; ou Ribeirão Preto FM 107.9, ou pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular para Android e iOS .
.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.