Indonésia se abre para o mercado de carne brasileiro

A estimativa é de exportação de até 25 mil toneladas de carne bovina, entre outras vantagens

O Ministério da Agricultura divulgou que a Indonésia abriu seu mercado para receber carne brasileira. Estima-se a exportação de 25 mil toneladas de carne bovina proveniente de dez frigoríficos nacionais. Sergio de Zen, professor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, comenta que o que levou à abertura foi a elasticidade, relacionada à renda e à demanda do país sudeste asiático, ou seja, com o crescimento da renda, aumenta-se também a demanda por proteína animal.

De Zen cita, entre as vantagens que o Brasil obterá com o acordo, o aumento do mercado de carne. Também diz que o Brasil ficará menos exposto aos riscos oferecidos, já que o País possui um mercado consumidor doméstico grande, possibilitando a comercialização interna das partes do boi, por exemplo, que não são exportadas.

Ouça a matéria na íntegra no áudio acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •