Governo dá mostras de mudar para recuperar apoio da sociedade

É o que se pode deduzir do fato de interferir no preço do diesel para atender às reivindicações dos caminhoneiros

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nos últimos dias, a imprensa  noticiou uma possível interferência do governo nos preços do óleo diesel. Para o cientista político André Singer, tal ato marca um segundo momento do governo Bolsonaro, já que os primeiros cem dias do novo governo foram caracterizados por uma atuação em que dava mostras de não ter nenhuma consideração para os efeitos políticos que poderia resultar de algumas de suas ações. Agora, pela primeira vez, o governo começa a sentir que tem de fazer concessões, ou correrá o risco de continuar a perder o apoio da sociedade, como ocorreu até aqui, ao se mostrar contraditório em muitos aspectos.

Singer também comenta a decisão recente do STF de interferir diretamente em publicações –  no caso, o site Antagonista e a revista Crusoé – que estariam atacando a instituição. Uma ação que, na opinião do colunista, não faz jus ao apoio que vinha recebendo da sociedade civil ao se colocar a favor dos valores democráticos. Afinal, a reação incisiva do STF nesse episódio é algo que não se pode aceitar diante do ataque que representa à liberdade de expressão. “A impressão que se tem é que o STF extrapolou as suas atribuições, e há uma expectativa de que isso seja corrigido.” Ou seja, que ele retome a sua postura democrática.

Acompanhe a íntegra da coluna Poder e Contrapoder pelo link acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados