Envelhecimento celular: o que a ciência pode fazer contra ele

Novas pesquisas buscam estratégias para eliminar células envelhecidas que prejudicam o organismo

  • 350
  •  
  •  
  •  
  •  

Nesta edição de Decodificando o DNA, a geneticista Mayana Zatz comenta mais uma pesquisa envolvendo envelhecimento e a busca da ciência por frear suas consequências negativas para a saúde. O foco de trabalhos recentes tem sido compreender os mecanismos das chamadas células senescentes – aquelas que, com o envelhecimento, não mais se dividem, mas também não morrem, afetando as células normais ao seu redor.

Um estudo publicado na Nature Medicine, por exemplo, mostrou que a combinação de duas drogas é capaz de eliminar as células senescentes em camundongos, melhorar a saúde e aumentar a expectativa de vida dos animais.

Ouça a professora do Departamento de Genética e Biologia Evolutiva do Instituto de Biociências (IB) da USP clicando no áudio acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 350
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados