Dois terços dos brasileiros não sabem que têm colesterol alto

Aqueles que já sofreram infarto ou AVC têm menor incidência ao chegar à taxa de 50 miligramas por decilitro

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

 Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, 67% da população brasileira não sabe que tem taxas altas de colesterol. A cardiologista da Unidade Clínica de Lípides do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina (Incor-HC-FM) da USP,  Viviane Giraldez, explica que novos estudos levaram a uma meta mais rígida para pacientes de muito alto risco. Agora, o limite é de 50 miligramas por decilitro.

A maior agressividade da taxa do LDL (colesterol ruim) é voltada para pacientes que já sofreram com infarto ou AVC. Pacientes de risco, como hipertensos e fumantes, devem apresentar 70 miligramas por decilitro. Já aqueles sem tais fatores não podem ultrapassar 130 nessa métrica.

A médica alerta para a importância de uma avaliação anual das taxas e da necessidade de alimentação saudável e exercício físico para afastar riscos. Ela também esclarece pontos sobre o tratamento das altas taxas de colesterol em crianças.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados