Cenário econômico atual tende a beneficiar oposição

O cientista político André Singer analisa a influência das decisões econômicas sobre o atual cenário político

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em sua coluna semanal para a Rádio USP, o cientista político André Singer avalia o impacto político da decisão tomada ontem (16) pelo Banco Central, de manter a taxa de juros no atual patamar. “Essa decisão do Banco Central, de manutenção da taxa de juros, quando todos os agentes esperavam que houvesse uma redução, tende a reforçar o ritmo lento da economia”. Singer avalia que a recuperação econômica está acontecendo mais lentamente do que o planejado pelo governo.

Ele prevê que os candidatos à presidência situados mais ao centro e à direita do espectro político devam ser prejudicados por essa situação de semi paralisia econômica. E acredita que, se a situação econômica persistir, uma parte importante do eleitorado vai preferir votar em alguém que veja como reunindo condições de alavancar um crescimento mais forte da economia, a partir do ano que vem. As propostas da oposição, que iriam supostamente nesse sentido, em tese teriam mais condições de se beneficiar, analisa o colunista. Ouça a coluna completa no link acima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados