Brasil cai em ranking mundial de liberdade de imprensa

O País caiu três posições, em relação aos dados coletados no ano passado, devido à eleição de Bolsonaro

 29/04/2019 - Publicado há 3 anos

O número de países onde o jornalista pode exercer sua profissão com segurança diminuiu no último ano. Esse dado foi revelado pela instituição Repórteres Sem Fronteiras, que fez um ranking mundial de liberdade de imprensa no qual o Brasil foi classificado como “problemático”.

O colunista Carlos Eduardo Lins da Silva comenta esses dados e ressalta que o jornalismo enfrenta mais riscos após a eleição de Bolsonaro, cujos ataques à imprensa fizeram com que a posição do País caísse e ficasse abaixo de outros países da América Latina.

Para saber mais, ouça a coluna na íntegra no player acima.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.