Audiências Públicas viram mera formalidade para aprovar projetos urbanos

A proposta é que esses encontros sejam feitos para ampla discussão e regulação da cidade

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente realizou audiência pública  para discutir a Operação Urbana Consorciada Água Branca, na Zona Oeste de São Paulo. Porém, o Ministério Público do Estado questionou  a tramitação de um projeto de lei que precisava cumprir duas audiências públicas. Como foi marcada  às pressas, o MP acatou a  liminar e suspendeu a  audiência pública. A professora Raquel Rolnik, da FAU/USP, fala sobre essa questão em sua coluna Cidade para Todos.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados