Projeto de Descentralização Administrativa é lançado na Reitoria

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

O encontro reuniu dirigentes e coordenadores pro tempore dos campi e e do Quadrilátero Saúde/ Direito da Universidade (Crédito da foto: Ernani Coimbra)

 

 

No dia 9 de abril, foi lançado oficialmente o projeto de Descentralização Administrativa, em encontro que reuniu dirigentes e coordenadores pro tempore dos campi e do Quadrilátero Saúde/ Direito da Universidade. 

 

A abertura da reunião foi feita pela reitora da USP, Suely Vilela, que destacou que o projeto de descentralização representa “a criação de uma nova cultura na USP”. Em seguida, o diretor administrativo do Gabinete da Reitora, Marcos Felipe Silva de Sá, que está assessorando a Reitoria nas atividades relacionadas às Coordenadorias, ressaltou que “este é um grande avanço para a Universidade”.

 

Na ocasião, foram apresentadas as propostas para a implantação dos Setores Regionais da Consultoria Jurídica (CJ), Coordenadoria do Espaço Físico (Coesf), Comissão de Cooperação Internacional (CCint), Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) e Comissão Permanente para Apuração de Acidentes com Veículos Oficiais (Copavo). Esses setores terão autonomia de decisão e execução, observadas as diretrizes estabelecidas pela Administração Central nas respectivas áreas de competência. Em relação ao Quadrilátero Saúde/Direito, serão implantados setores regionais da Consultoria Jurídica e da Coesf.

 

A criação das Coordenadorias dos Campi e do Quadrilátero Saúde/Direito foi aprovada pelo Conselho Universitário, no dia 16 de dezembro do ano passado, com o objetivo de conferir maior agilidade e eficiência às atividades-meio da Universidade e maior autonomia decisória às Unidades de Ensino e Pesquisa da Instituição.

 

As Coordenadorias substituem as Prefeituras dos Campi da USP na Cidade Universitária “Armando de Salles Oliveira” (Cuaso), Ribeirão Preto, São Carlos, Bauru, Piracicaba e Pirassununga. No campus de Lorena e no Quadrilátero Saúde/Direito — formado pela Faculdade de Medicina (FM), Faculdade de Saúde Pública (FSP), Escola de Enfermagem (EE), Instituto de Medicina Tropical (IMT) e Faculdade de Direito (FD) — essas coordenadorias foram criadas.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail