Cidade Universitária inaugura faixa exclusiva de ônibus e ciclofaixa

Com a inauguração da faixa exclusiva de ônibus e do primeiro trecho da ciclovia, no dia 23 de fevereiro, a Prefeitura do Campus da Capital tem a expectativa de melhorar a mobilidade no campus, priorizando os transportes públicos e não motorizados.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Com a inauguração da faixa exclusiva de ônibus e do primeiro trecho da ciclovia, no dia 23 de fevereiro, a Prefeitura do Campus da Capital tem a expectativa de melhorar a mobilidade no campus, priorizando os transportes públicos e não motorizados.

A Cidade Universitária “Armando de Salles Oliveira” (Cuaso) tem uma média de 40 mil veículos circulando por dia e sofre cada vez mais com os impactos do trânsito intenso da cidade de São Paulo. Para melhorar a mobilidade no campus, priorizando o transporte coletivo e a utilização de bicicletas, a Prefeitura do Campus da Capital (PUSP-C) tem realizado estudos para diagnosticar a situação do trânsito na Cidade Universitária e desenvolver planos de integração e articulação de vários tipos de transporte.

Com a implantação das faixas, a velocidade na Av. da Universidade e na Av. Prof. Lineu Prestes, até a altura da Casa da Cultura Japonesa, foi reduzida para 40 km/h, um limite considerado seguro, levando em conta a frequente e dispersa circulação de pessoas

A implantação de faixas exclusivas para ônibus e de ciclofaixas são medidas importantes para a promoção da mobilidade, além de contribuir para a sustentabilidade do campus, diminuindo o fluxo de veículos, reduzindo a emissão de poluentes e de gases de efeito estufa, contribuindo para a atividade esportiva e para um trânsito mais cidadão. Como explica o prefeito do Campus da Capital, Arlindo Philippi Júnior, “esse processo deve levar em consideração o transporte coletivo e a bicicleta como os modais de transporte prioritários, no contexto da Universidade. Toda essa atividade será acompanhada de campanhas de conscientização do trânsito e com a preocupação de estimular a relação entre os usuários dos vários modais de transporte, ou seja, o pedestre, o ciclista e os motoristas, no sentido de ampliar a percepção do necessário respeito mútuo, especialmente por estarem em uma Universidade onde os valores de humanismo e solidariedade são estimulados”.

A faixa exclusiva de ônibus e o primeiro trecho da ciclofaixa têm 2,6 km e se estendem, pelos dois sentidos, começando na Av. Lineu Prestes, na altura da Casa de Cultura Japonesa, passando pela Praça do Relógio Solar e seguindo pela Av. da Universidade até a Portaria 1. A Secretaria Municipal dos Transportes tem auxiliado a Universidade por meio de consultorias técnicas na implantação dessas estruturas.

No caso da faixa exclusiva, o objetivo é facilitar a saída dos ônibus coletivos pela P1. No final da tarde, os ônibus enfrentavam o congestionamento diário e chegavam a demorar, em média, 27 minutos, para percorrer o trajeto coberto agora pela faixa exclusiva. Otimizar o tempo de trajeto do transporte público é uma maneira de contribuir para a mobilidade na Universidade já que só as duas linhas de ônibus-circular da Cidade Universitária, a 8012 e a 8022, transportam 50,4 mil passageiros por dia.

Projeto Cicloviário

Junto com a faixa exclusiva de ônibus, também foi inaugurado o primeiro trecho da ciclovia. Quando estiver completo, o sistema cicloviário da Cidade Universitária deverá considerar suas vias principais, alamedas, perimetrais e ramificações, totalizando 8 km de ciclovias. Também há estudos para a implantação de um sistema de empréstimo de bicicletas, com 25 estações e 250 bicicletas à disposição de alunos, servidores e professores da USP.

“A expectativa é que, ao tomarem conhecimento da existência de ciclofaixas, as pessoas se sintam estimuladas a utilizar cada vez mais esse modal de transporte”, afirmou Philippi. Nos próximos seis meses, a Prefeitura do Campus da Capital deverá acompanhar e avaliar o resultado dessas mudanças.

(Foto: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados