Rios e memória da cidade são tema de exposição

Neste sábado, dia 21, às 15 horas, Casa Amarela inaugura mostra que relaciona memória e arte urbana

Por - Editorias: Cultura
Corpos d’Água, de André Pardini – Foto: Reprodução

.
De 21 de abril a 23 de junho acontece a exposição Flúmen, que reúne trabalhos do artista visual e grafiteiro André Pardini e do artista visual e tatuador Danilo Rocco. Gratuita, a mostra acontece na Casa Amarela da Vila Romana.

Sem título, de Danilo Rocco – Foto: Reprodução

.
A curadoria da exposição ficou a cargo de Adrienne Firmo, professora, pesquisadora e integrante do Grupo Museu/Patrimônio da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP.

A proposta da mostra é criar diálogos entre a memória e as águas da cidade, formando conexões a partir da correspondência de significados, história social, imagens e poéticas. Objetos, instalações, monotipias e desenhos são os suportes utilizados pelos artistas para compor o painel poético, na primeira exposição de ambos.

Convite para a inauguração da exposição, na Casa Amarela – Foto: Reprodução / Exposição Flúmen

.
As visitas acontecem às quartas-feiras e sábados, das 14 às 18 horas. A Casa Amarela fica na Rua Camilo, número 955, na Vila Romana, em São Paulo (SP). Entrada grátis.

Textos relacionados