Relação entre arte e cidade é tema de debate em São Paulo

Neste sábado, dia 26, às 16 horas, evento na Casa Amarela vai reunir profissionais da arte numa mesa-redonda

  • 117
  •  
  •  
  •  
  •  
A Casa Amarela da Vila Romana será o local da mesa-redonda O Circuito Artístico e a Cidade Contemporânea, neste sábado, dia 26 – Foto: Divulgação / Acervo Casa Amarela da Vila Romana

Neste sábado, dia 26 de maio, às 16 horas, a Casa Amarela da Vila Romana, espaço cultural de arte, convívio e discussões, realiza a mesa-redonda O Circuito Artístico e a Cidade Contemporânea.

O evento conta com a mediação de Adrienne Firmo, curadora da Casa Amarela da Vila Romana. Como ela explica, “vamos discutir a relação entre o circuito de arte e a cidade, entendendo ‘circuito’ como uma forma de ‘circulação’: desde a produção artística, passando pela curadoria, galerias, exposições, recepções do público e pela relação desse circuito e da movimentação do universo artístico com a cidade”.

Encontro vai acontecer em um dos espaços conhecidos como “coabitações” da Casa Amarela da Vila Romana (acima) – Foto: Divulgação / Acervo Casa Amarela da Vila Romana

Para discutir em um aspecto amplo, contemplando o máximo possível todos os pontos do circuito artístico, a mesa-redonda traz os galeristas Márcia Gadioli e Marcelo Salles, dirigentes da Casa Contemporânea, que abre espaço para artistas que não expõem em grandes galerias de arte; Lilian Bado, artista, curadora, pesquisadora e organizadora da feira alternativa A Outra Feira e do Campo Minado, espécie de galeria móvel que realiza exposições em diferentes espaços da cidade; o curador e professor da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP Carlos Eduardo Riccioppo, que traz a discussão de como a arte é vista pela Universidade; e o artista visual Rodrigo Bueno, que produz obras a partir de objeto descartados como lixo.

Convite para o evento – Foto: Reprodução/Casa Amarela da Vila Romana

Além dos debatedores convidados, Adrienne destaca também a própria Casa Amarela como um espaço alternativo dentro do circuito de arte convencional, local “que faz parte do patrimônio arquitetônico da cidade” e que, neste sábado, abre espaço para que os presentes possam juntos encontrar respostas às seguintes perguntas: Como as várias ‘instâncias’ da arte se relacionam com os problemas da cidade contemporânea e com o problema de circulação de arte dentro da própria cidade? Onde ficam essas galerias? Elas são fixas ou móveis?”.

A mesa-redonda O Circuito Artístico e a Cidade Contemporânea será realizada neste sábado, dia 26 de maio, às 16 horas, na Casa Amarela da Vila Romana (Rua Camilo, número 955, Vila Romana, em São Paulo). Entrada grátis. Mais informações podem ser obtidas no site janicedepiero.art.br/casa-amarela

  • 117
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados