Virtualidade questiona concepção de autoria, diz Grossmann

Sistemas operacionais em atuação na sociedade são mantidos coletivamente, destaca professor

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Uma das implicações da virtualidade na contemporaneidade diz respeito ao questionamento da concepção de autoria. Atualmente, os sistemas operacionais que atuam no cotidiano da sociedade são modos de trabalho coletivos. “É difícil dizer que é da autoria de uma ou outra pessoa”, disse o professor Martin Grossmann em sua coluna “Na Cultura o Centro Está em Toda Parte”, que foi ao ar no dia 5 de julho.

O Google e a própria internet (www), por exemplo, são sistemas desenvolvidos e mantidos por equipes e sua atualização é realizada por profissionais de diferentes especialidades, destacou o professor. “O nosso dia a dia sempre está relacionado a sistemas operacionais. Embora pensemos logo no computador e no celular, os sistemas operacionais estão em instituições e estruturas urbanas. São modos de organização e operacionalização.”

Ouça no link acima a íntegra da coluna do professor Martin Grossmann.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados