Novembro Azul conscientiza sobre o câncer de próstata

Cerca de 60 mil novos casos de câncer de próstata, com 17 mil mortes, serão diagnosticados só neste ano no Brasil

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn7Print this pageEmail

O mês de novembro é marcado pelas campanhas de conscientização sobre o câncer de próstata, uma das doenças que mais afetam a população masculina.  A comunidade é chamada para um diálogo franco e aberto a respeito da doença. De acordo com o Ministério da Saúde, o câncer de próstata é a segunda maior causa de morte por câncer no mundo.

Câncer de próstata – Foto: IUN

O Novembro Azul é um movimento de conscientização sobre o câncer de próstata e tem como símbolo o famoso bigode. Esse movimento começou em 2003, na Austrália, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, celebrado no dia 17 de novembro.

Segundo o professor Rodolfo Borges dos Reis, da Divisão de Urologia do Departamento de Cirurgia e Anatomia da Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto, cerca de 60 mil novos casos de câncer de próstata serão diagnosticados só no ano de 2017 no Brasil e 17 mil homens devem morrer em consequência da doença.

“Temos mais câncer de próstata do que câncer de mama”, afirma. O professor  diz que o homem é quatro vezes mais suscetível ao câncer de próstata se houver casos na família.

Por fim, o professor diz que “já foram usadas algumas drogas e que, apesar delas reduzirem os riscos de câncer de próstata em 25%, os tumores, quando aparecem, são mais agressivos, então não existe nenhuma quimioterapia preventiva através de drogas e nem vitaminas que possa evitar a doença. A melhor prevenção é um estilo de vida saudável”, conclui.

Por Júlia Gracioli

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn7Print this pageEmail

Textos relacionados