Nascidos a partir de 1995 evitam situações de risco, dizem especialistas

A chamada Geração Smartphone é mais dependente, mas mais tolerante em relação à diversidade, destaca professora da FFCLRP

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn2Print this pageEmail

Jovens nascidos a partir de 1995, chamados de Geração Smartphone, cresceram em um ambiente mais seguro e por isso se expõem menos a situações de risco. Esse é o resultado de uma  pesquisa feita pela Universidade Estadual de San Diego, nos Estados Unidos.

Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

De acordo com o estudo, esses jovens chegam à universidade e ao mundo do trabalho com menos experiências, mais dependentes, com dificuldades de tomar decisões e super conectados nas redes sociais. Mas a pesquisa também aponta que a geração é mais tolerante em relação à diversidade.

Para a professora Luciana Carla dos Santos Elias, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, os resultados servem como alerta, mesmo sendo nos Estados Unidos.

Em relação ao Brasil, a professora ressalta que a diversidade cultural é ponto importante de análise. “A gente tem um Brasil imenso, onde a criança da Amazônia é completamente diferente da que vive no Estado de São Paulo”.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn2Print this pageEmail

Textos relacionados