Morre professor da USP que atuou na eliminação das queimadas de cana

O médico José Carlos Manço foi um dos primeiros pesquisadores a relacionar a queima da palha da cana com doenças respiratórias

Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=262707
Professor José Carlos Manço – Foto: Unirio

No último 31 de julho faleceu o professor José Carlos Manço. Aposentado da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), Manço se formou na USP em 1962, onde também realizou o seu doutorado em 1969.

Ele era especialista em Pneumologia e foi um dos primeiros pesquisadores a relacionar a queimada da palha da cana-de-açúcar com as doenças respiratórias na população no Estado de São Paulo.

Observações clínicas e epidemiológicas conduzidas pelo professor Manço colaboraram para a regulamentação e publicação da Lei da Queima de Cana-de-Açúcar, em 2002, pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, para eliminar a queima na pré-colheita da cana.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.