Simpósio on-line debate soluções para construção de um Brasil mais justo e menos desigual

Evento será transmitido pelo Youtube no dia 10 de agosto e terá a presença do ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro e do presidente do Insper, Marcos Lisboa

 04/08/2021 - Publicado há 4 meses
Por
Foto: George Campos/USP Imagens

 

Com o objetivo de promover uma discussão sobre o futuro do País sob uma perspectiva holística e que leve à construção de uma sociedade mais justa e menos desigual, o simpósio Construindo o Brasil do Amanhã realiza seu segundo encontro virtual no dia 10 de agosto, a partir das 17h. 

A transmissão será feita pelo Youtube, no canal do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto da USP. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas neste link. Haverá emissão de certificados mediante preenchimento de formulário disponibilizado no chat durante o evento.

Os palestrantes serão dois nomes de grande destaque nas áreas de educação e economia no Brasil: o presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e ex-ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, e o presidente do Insper, Marcos Lisboa. Eles serão sabatinados pelo coordenador do Lepes, Daniel dos Santos; pelo titular da Cátedra Sérgio Henrique Ferreira, Mozart Neves Ramos; pelo superintendente executivo do Instituto Unibanco, Ricardo Henriques; pela gerente de Desenvolvimento Institucional da Fundação Roberto Marinho, Monica Pinto, e pelo presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Luiz Miguel Garcia. A mediação é da diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais (Ceipe) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Cláudia Costin.

O simpósio Construindo o Brasil do Amanhã é uma realização da Cátedra Sérgio Henrique Ferreira e do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Economia Social (Lepes), ambos sediados na USP em Ribeirão Preto, em parceria com a Fundação Roberto Marinho e o Instituto Unibanco.

Mais informações sobre o evento: catedraiearp@usp.br

Confira o evento em: https://youtu.be/jvhSz0k4t4g

Sobre os palestrantes

Renato Janine Ribeiro é professor titular da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Foi ministro da Educação entre abril e outubro de 2015. Tem 18 livros editados e, em 2001, recebeu o Prêmio Jabuti de melhor ensaio. É membro do Conselho Superior de Estudos Avançados da Fiesp e, recentemente, foi eleito presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Teoria Política, atuando principalmente nos seguintes temas: democracia, ética, teoria política, Brasil e Thomas Hobbes.

Marcos Lisboa é Ph.D. em economia pela Universidade da Pensilvânia. Foi professor assistente na Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas e no Departamento de Economia da Universidade de Stanford. Foi diretor-executivo e vice-presidente do Itaú Unibanco, presidente do Instituto de Resseguros do Brasil e secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda. Atualmente é presidente do Insper.

Daniel dos Santos é professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da USP. É graduado em Economia pela Universidade de São Paulo, mestre em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e doutor em Economia pela Universidade de Chicago. Atualmente, também coordena o Lepes.

Mozart Neves Ramos é graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal de Pernambuco, doutor em Química pela Unicamp e tem pós-doutorado em Química pela Politécnica de Milão, Itália. Foi reitor da UFPE, secretário de Educação de Pernambuco, presidente executivo do Todos Pela Educação e diretor de Articulação e Inovação do Instituto Ayrton Senna. Atualmente, além de ser titular da Cátedra Sérgio Henrique Ferreira, do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP, integra o Conselho Nacional de Educação.

Ricardo Henriques foi secretário nacional de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação e secretário executivo do Ministério de Desenvolvimento Social, quando coordenou o desenho e a implantação inicial do programa Bolsa Família. Atualmente, além de superintendente executivo do Instituto Unibanco, é integrante de entidades como Anistia Internacional (Brasil), Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais (Ceipe-FGV), Fundação Itaú Educação e Cultura, Instituto Natura e Todos pela Educação.

Mônica Pinto é mestre em Educação pela PUC-RJ, com pós-graduação em História e Cultura Contemporânea e formação pelo Programa de Desenvolvimento de Executivos da Fundação Dom Cabral. Foi consultora e coordenadora do Programa Nacional de Formação de Professores, vinculado ao MEC e à TVE. É gerente de Desenvolvimento Institucional da Fundação Roberto Marinho, atuando no desenvolvimento e manutenção de parcerias do Canal Futura e de seus projetos especiais.

Luiz Miguel Garcia possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), mestrado em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e doutorado em Linguística Aplicada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Tem experiência acadêmica nas áreas de Linguística, Linguística Aplicada, Literatura, Linguagem Jurídica e Comunicação e Expressão. Desde 2013 é secretário municipal de Educação, Juventude, Esporte e Lazer de Sud Mennucci (SP) e em 2019 assumiu a presidência da Undime Nacional.

Cláudia Costin é mestre em Economia Aplicada pela FGV. É professora visitante na Faculdade de Educação de Harvard e diretora-geral do Ceipe-FGV. Integra também a Comissão Global sobre o Futuro do Trabalho da Organização Internacional do Trabalho (OIT).


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.