As consequências da interferência russa nas eleições dos EUA

A Rússia se beneficiou da ausência de poder norte-americano

Estados Unidos e Rússia protagonizaram a Guerra Fria em um período de 50 anos pela disputa da hegemonia no mundo. Em 2016, nas eleições pela disputa da presidência, Donald Trump  se aproxima da Rússia, que volta a tomar a frente no “vazio de poder”. Internamente, os EUA falam sobre uma possível obstrução na justiça por parte de Trump. O procurador Robert Mueller reiterou que, se ficasse comprovada a interferência da Rússia na eleição presidencial americana, poderia haver um impeachment do atual presidente americano. Assunto da coluna desta semana do professor Alberto do Amaral Jr.


Um Olhar sobre o Mundo
A coluna Um Olhar sobre o Mundo, com o professor Alberto Amaral, vai ao ar toda segunda-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •