Manhã com Bach traz “Concerto para Cravo em Mi Maior” e cantata

Programa mostra que cantata criada em 1726 serviu de base do Concerto para Cravo em Mi Maior, de 1739

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Manhã com Bach – Parte 1

Manhã com Bach – Parte 2

Manhã com Bach – Parte 3

.
Na edição que foi ao ar nos dias 5 e 6 de agosto de 2017, o programa Manhã com Bach deu um exemplo de como o compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750) reutilizava músicas suas para criar novas obras.

As músicas apresentadas foram a cantata Gott soll allein mein Herze haben (BWV 169) e o Concerto para Cravo em Mi Maior (BWV 1053), além do Prelúdio e Fuga Número 12 em Fá Menor (BWV 881), do livro 2 de Das Wohltemperierte Klavier, O Teclado Bem Temperado.

O primeiro alegro do Concerto para Cravo em Mi Maior, composto em 1739, corresponde à sinfonia de abertura da cantata Gott soll allein mein Herze haben, criada 13 anos antes, em 1726, e o segundo movimento do concerto, siciliano, originalmente é a ária Stirb in mir, o quinto movimento da cantata.

Ouça no link acima a íntegra da edição do programa Manhã com Bach transmitido nos dias 5 e 6 de agosto de 2017.

Manhã com Bach vai ao ar sempre aos sábados, às 9 horas, com reapresentação no domingo, também às 9 horas, inclusive via internet, pela Rádio USP FM (93,7 MHz).

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados