Verão aumenta os riscos de acidentes com traumatismo raquimedular

Com o calor as pessoas procuram piscinas, rios e cachoeiras, a maioria mergulha em águas rasas, o que aumenta a chance de acidentes

No programa Saúde com Ciência e Jazz desta semana, o professor Helton Defino, do Departamento de Biomecânica, Medicina e Reabilitação da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP fala sobre traumatismo raquimedular causado por mergulho em águas rasas. O professor atua principalmente nos seguintes temas: lesões traumáticas, deformidades, doenças degenerativas e tumorais da coluna vertebral.

Helton Luiz Aparecido Defino – Foto: Arquivo pessoal

O professor alerta sobre a importância deste tema, principalmente em épocas de calor, pois as pessoas procuram piscinas, rios e cachoeiras para o lazer e os mergulhos podem levar a acidentes. Por desconhecimento, diz o professor, a  maioria mergulha de cabeça e muitas vezes a superfície é rasa ou até mesmo, não sendo rasa, pode possuir obstáculos. “O traumatismo da cabeça, pelo impacto, pode fraturar a coluna cervical e consequentemente lesar a medula, parte nobre do sistema nervoso central que fica no interior da coluna. Um acidente desse porte pode levar a lesões irreversíveis”, explica.

Defino enfatiza a necessidade de campanhas de prevenção nesta época. “Conhecer a profundidade e, se possível, evitar esse tipo de mergulho, é essencial.” Mas, caso o acidente aconteça, o professor orienta como deve ser feito o socorro. “Imobilizar a pessoa como um todo, principalmente a coluna cervical, transportar em superfície dura para que a lesão não se amplie”, alerta. 

O professor afirma que existem muitas pesquisas relacionadas à tentativa de regeneração da lesão nervosa, mas até o momento “uma vez lesado o sistema nervoso, não existe nenhuma terapêutica capaz de reverter o quadro”.     

O programa Saúde com Ciência e Jazz é produzido por Maju Petroni, com apresentação e coordenação do professor Pérsio Roxo Júnior e trabalhos técnicos de Mariovaldo Avelino e Luiz Fontana. Coordenação de Rosemeire Talamone. No ar todas às quartas, das 13h30 às 14 horas. Você pode sintonizar a Rádio USP em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br/home-ribeiraopreto ou pelo aplicativo no celular para Android e iOS.

Ouça no link acima a íntegra do programa Saúde com Ciência e Jazz.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.