Einstein previu e agora observamos: estrelas arrastam espaço-tempo quando giram

Quase 50 anos após seu início, missão do satélite Gravity Probe B fornece primeiras medições da distorção gravitacional do espaço-tempo previstas por Einsten. Ouça para entender

Usando um radiotelescópio, um grupo de  astrônomos conseguiu encontrar evidências de um efeito no espaço-tempo previsto por Einstein na Teoria da Relatividade Geral. Chamado de arrasto de referenciais, ele foi observado em um sistema em que duas estrelas compactas orbitam uma à outra. O satélite que permitiu o achado é a Gravity Probe B, um experimento físico em órbita projetado para testar previsões fundamentais da teoria de Einsten.

O estudo foi publicado na revista Science.

Nesta edição de Entender Estrelas, o professor João Steiner explica como funciona esse efeito e o que exatamente ele causa no tecido do espaço-tempo.

Ouça detalhes clicando no player acima.


Entender as Estrelas – Uma viagem pela astronomia
A coluna Entender as Estrelas – Uma viagem pela astronomia, com o professor João Steiner, vai ao ar toda sexta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.