Os Beatles e os Rolling Stones se destacaram na era de ouro do rock

Nova série de programas se aprofunda na música, na história e na cultura dos anos 60, a partir do ponto de vista do rock

Nesta edição do programa História do Rock, o Professor Mario De Vivo dá início a uma série de programas sobre a era de ouro do rock, e como personagens principais destaca Os Beatles e os Rolling Stones. A série mergulhará na música, na história e na cultura dos anos 60 contada a partir do ponto de vista do rock. 

Segundo o professor De Vivo, a partir dos anos 60, as duas bandas influenciaram a música popular de todo o planeta e também foram produto de influência do meio cultural no qual nasceram. Os Rolling Stones, banda de rock britânica formada em Londres em 1962, é considerada um dos maiores e mais bem-sucedidos grupos musicais de todos os tempos. Ao lado dos Beatles, é considerada a banda mais importante da chamada “invasão britânica” ocorrida nos anos 1960. Já os Beatles foram uma banda de rock inglesa, formada na cidade de Liverpool, com John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr, considerada a banda mais influente de todos os tempos.

Segundo De Vivo, a história do rock dos anos 60 centrada nos Beatles e Rolling Stones não estará restrita a essas bandas nem ao cenário do nascente rock inglês, o rock americano também será analisado. O professor comenta a chegada das músicas dos Beatles ao Brasil e relata que as impressões foram da repulsa ao amor. 

Nessa série, a história do rock também será apresentada sob o ponto de vista da periferia, como o rock influenciou a música brasileira e como o Brasil participou da nova onda de cultura mundial. Para representar essa participação brasileira o professor traz como exemplo a música Foi assim, de 1966, da cantora Wanderléa. 

Ouça no player acima a íntegra do programa História do Rock.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.