Saúde sem Complicações #14: Entenda o que é hipernasalidade da fala

Conhecida popularmente como fala fanha, a hipernasalidade de fala não é doença, mas um distúrbio que gera preconceito. Brincadeiras indevidas e comentários maldosos afetam negativamente a vida do paciente e podem até mesmo causar problemas psicossociais

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=309214

Saúde sem Complicações #14: Entenda o que é hipernasalidade da fala
Saúde sem Complicações

 
 
00:00 / 24:54
 
1X
 

O podcast Saúde Sem Complicações desta semana recebe a professora Maria Inês Pegoraro Krook, do Departamento de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP, especialista em voz e em motricidade oral pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia, para falar sobre hipernasalidade da fala, conhecida como voz fanha.

A professora explica que a causa do distúrbio é a comunicação indesejável entre a boca e o nariz. Os sons que não necessitam passar pela cavidade nasal acabam por transitar e sair não só pela boca, mas também pelo nariz, o que causa a fala conhecida popularmente como fanha. 

Maria Inês ainda ressalta que a hipernasalidade não é considerada uma doença, e sim um distúrbio da ressonância da fala não temporário. O problema pode ocorrer por conta de problemas funcionais, câncer no céu da boca, em pessoas que nasceram com fissura palatina e pacientes que tiveram problemas neuromusculares como acidente vascular cerebral, traumatismo craniano, aneurisma, entre outros. Os tratamentos possíveis dependem de cada caso e também da saúde do indivíduo, podendo envolver cirurgias no céu da boca, uso de próteses ou a fonoterapia. 

Segundo a professora, um dos maiores problemas do distúrbio é o preconceito. Brincadeiras indevidas e comentários maldosos afetam negativamente a vida do paciente e podem até mesmo causar problemas psicossociais. 


Saúde sem complicações

Apresentação: Mel Vieira
Produção: Mel Vieira e Flávia Coltri
Edição: Rita Stella
Edição Sonora: Mariovaldo Avelino e Luiz Fontana
Coordenação: Rosemeire Talamone
Edição Geral: Cinderela Caldeira
E-mail: ouvinte@usp.br
Horário: terça-feira, às 13h.
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 107,9; ou Ribeirão Preto FM 107.9, ou pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular para Android e iOS
 

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.