Jornal da USP no Ar: Medicina #02 – Própolis pode trazer benefícios para casos de doentes renais

Estudo avaliou pacientes e o resultado foi a redução do marcador inflamatório e menor perda de proteína, evitando que 40% fosse perdida. Outro tema deste episódio apresenta a eletroconvulsoterapia (ETC), também conhecida por eletrochoque, como tratamento para casos de depressão

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=230271

Jornal da USP no Ar: Medicina #02 – Própolis pode trazer benefícios para casos de doentes renais
Jornal da USP no ar: Medicina

 
 
00:00 / 27:12
 
1X
 

O podcast da rádio USP apresenta estudos, pesquisas, inovação na área de Medicina, em entrevistas exclusivas com especialistas da USP, que foram ao ar no Jornal da USP no Ar e aqui você pode rever na íntegra.

No episódio de hoje, vamos falar da eletroconvulsoterapia (ETC), também conhecida por eletrochoque. Essa forma de tratamento volta a ganhar destaque entre pacientes e especialistas. Com impulsos elétricos mais leves que os utilizados no começo do século 20, a ETC pode ser considerada já na terceira rodada de tratamento para depressão, quando medicamentos não funcionam. 

E mais, o extrato de própolis pode trazer benefícios para casos de doentes renais crônicos que fazem hemodiálise e aguardam um transplante de rim. A substância, que funciona como complemento ao tratamento convencional, diminui o marcador inflamatório e evita perda de proteína na urina.

Não se esqueça, essas e outras entrevistas você acompanha de segunda a sexta, das 7h30 a 9h30 da manhã, na Rádio USP 93,7 em São Paulo, 107,9 em Ribeirão Preto e streaming.

Você pode baixar o podcast e ouvir a qualquer hora, acessando jornal.usp.br  ou utilizar seu agregador de podcasts preferido, no Spotify, iTunes e CastBox.

Ficha técnica

Apresentação e produção: Roxane Ré

Edição de Som: Cido Tavares

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.