Jornadas com Beethoven #12

Terceiro programa do mês de maio mostra como a ópera “Don Giovanni”, de Mozart, marcou a música de Beethoven.

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=324175

Jornadas com Beethoven #12
Jornadas com Beethoven

 
 
00:00 / 56:22
 
1X
 

Beethoven nunca deixou de manifestar sua admiração por Mozart e, em especial, pela ópera Don Giovanni. Tendo-a assistido com cerca de 20 anos de idade, Beethoven sempre a elogiou e, duas décadas depois desse primeiro contato, escreveu que “a boa acolhida que a ópera Don Giovanni de Mozart teve me deixa tão alegre como se ela fosse uma obra minha”. E, de fato, Beethoven a introjetou como se fosse uma obra sua, já que ele se valeu de algumas de suas árias para fundamentar diversas de suas obras mais importantes. Foi o caso das Variações Diabelli – Opus 120.

Dando prosseguimento ao tema da juventude do compositor alemão, esse programa trata de como a ópera de Mozart significou muito para Beethoven, tendo mais relevância em sua maturidade do que suas próprias obras juvenis.

Nesse programa, são apresentadas:

  • Abertura e árias do primeiro ato da ópera Don Giovanni, de Mozart;
  • Variação XXII das Variações Diabelli – Op. 120, de Beethoven.

Créditos do Programa

Roteiro, apresentação e montagem: Vitor Ramirez

Revisão: Gustavo Xavier

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.