Sete trabalhos da USP são agraciados com o Prêmio Capes de Tese 2021

A Universidade foi a instituição com o maior número de distinções: sete teses premiadas e 15 menções honrosas

 Publicado: 09/09/2021
Por
Dissertações e teses - Foto: Marcos Santos/USP imagens

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou, no dia 3 de setembro, o resultado do Prêmio Capes de Tese Edição 2021, outorgado às melhores teses de doutorado defendidas em 2020. Neste ano, do total de 49 trabalhos premiados pela Capes, sete são da USP, que tem outras 15 teses distinguidas com menções honrosas.

A USP foi a instituição com o maior número de trabalhos premiados, seguida da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com cinco.

“O reconhecimento da excelência da USP em 50% das áreas de avaliação da Capes, com prêmios ou menções honrosas, mostra a alta qualidade da ciência e da formação de recursos humanos na Pós-Graduação da USP. Nossos egressos, seus orientadores e programas merecem elogios e cumprimentos. Estes prêmios também são importantes estímulos para a comunidade de Pós-Graduação da nossa Universidade”, ressaltou o pró-reitor de Pós-Graduação, Carlos Gilberto Carlotti Jr.

Criado em 2005, o Prêmio Capes de Tese é fruto de parceria entre a Capes, a Fundação Carlos Chagas e a Comissão Fulbright. Os critérios de premiação consideram a originalidade do trabalho, sua relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação, e o valor agregado pelo sistema educacional ao candidato.

Dos trabalhos agraciados sairão os vencedores do Grande Prêmio, oferecido ao destaque de cada uma das três grandes áreas do conhecimento: Ciências da Vida, Humanidades e Ciências Exatas, Tecnológicas e Multidisciplinar. A cerimônia de premiação acontecerá em dezembro.

Confira, no quadro abaixo, a relação das teses premiadas da USP. Clique aqui para acessar a lista geral dos agraciados e dos trabalhos que receberam menções honrosas.

Área de Avaliação

Tese

Autor

Unidade

Programa

Orientador

Ciência Política e Relações Internacionais

Benjamin Constant e o problema do arbítrio: um decisionismo moderado

Felipe Freller

FFLCH

Ciência Política

Eunice Ostrensky e Frédéric Brahami (coorientador)

Ciências Biológicas III

Investigação sobre alterações cardíacas que ocorrem no envenenamento pela peçonha do escorpião Tityus serrulatus

Mouzarllem Barros dos Reis

FMRP

Imunologia Básica e Aplicada

Lúcia Helena Faccioli

Direito

Acordo de leniência anticorrupção: uma análise sob o enfoque da teoria de redes

Igor Sant’Anna Tamasauskas

FD

Direito do Estado

Sebastião Botto de Barros Tojal

Matemática/Probabilidade e Estatística

Deformações métricas e aplicações

Leonardo Francisco Cavenaghi

IME

Matemática

Llohann Dallagnol Sperança e Marcos Martins Alexandrino da Silva (coorientador)

Medicina Veterinária

Explorando mecanismos epigenéticos contra células de câncer de mama: uma abordagem comparada

Pedro Luiz Porfirio Xavier

FZEA

Biociência Animal

Heidge Fukumasu

Química

Desenvolvimento de modelos biomiméticos para investigação do papel do estrôncio na mineralização óssea

Camila Bussola Tovani

FFCLRP

Química

Ana Paula Ramos

Saúde Coletiva

Iniciativas para a redução do consumo de sódio no Brasil: avaliação e análise de impacto

Eduardo Augusto Fernandes Nilson

FSP

Saúde Global e Sustentabilidade

Patricia Constante Jaime

Prêmios

Os autores das teses selecionadas de cada uma das áreas de avaliação receberão uma bolsa de estágio pós-doutoral em instituição nacional e seus orientadores, um prêmio para participação em evento acadêmico-científico nacional, no valor de R$ 3 mil. Dos trabalhos escolhidos para o Grande Prêmio, os orientadores receberão R$ 9 mil para participação em congresso internacional e os autores ganharão uma bolsa para estágio pós-doutoral de 12 meses em uma instituição internacional.

Também serão oferecidos prêmios adicionais pelos parceiros. A Fundação Carlos Chagas premiará as teses vencedoras nas áreas de Educação e Ensino. Cada autor receberá R$ 15 mil. Serão ainda agraciados com R$ 5 mil os quatro autores que receberem menções honrosas, duas em cada uma destas áreas.

A Comissão Fulbright concederá uma bolsa de pós-doutorado em uma universidade norte-americana, por quatro meses, no valor de US$ 16 mil, para a tese que melhor evidenciar a relação Brasil-Estados Unidos. Já a Dimensions Sciences premiará com US$ 2 mil uma autora na área de Biotecnologia cujo trabalho tenha relação com inovação e empreendedorismo.

As menções honrosas serão concedidas em forma de certificados aos autores, orientadores, coorientadores e ao programa em que foi defendida cada tese.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.