Faculdade Zumbi dos Palmares outorga medalha a reitor e a docentes da USP

A entrega da honraria aconteceu durante a cerimônia em celebração aos 134 anos da Abolição da Escravatura

 16/05/2022 - Publicado há 1 mês
Por
O evento foi realizado na noite do dia 13 de maio, no campus da Faculdade Zumbi dos Palmares – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

O reitor Carlos Gilberto Carlotti Junior foi um dos agraciados com a Medalha do Mérito Cívico Afro-Brasileiro, concedida pela Faculdade Zumbi dos Palmares às personalidades que tenham contribuído direta ou indiretamente para a elevação moral, socioeconômica, cultural e educacional dos negros brasileiros, reforçando os valores do respeito à diferença, à tolerância e à igualdade de oportunidades.

A entrega da medalha aconteceu durante o evento Reflexão sobre a abolição da escravatura, realizado pela Faculdade Zumbi dos Palmares em celebração aos 134 anos da assinatura da Lei Áurea, que extinguiu oficialmente a escravidão no Brasil.

“Essa é uma homenagem às mais de 100 mil pessoas que formam a Universidade de São Paulo. Essa comunidade que, em 2017, aceitou o desafio de implementar um programa de cotas raciais na USP e que, há duas semanas, aceitou o novo desafio de criar a Pró-Reitoria de Inclusão e Pertencimento, para garantir que servidores, professores e alunos tenham condições de exercer todas as suas atividades, todos os seus sonhos, garantindo uma trajetória brilhante, de excelência”, afirmou o reitor da USP ao receber a honraria.

A diretora da Área de Mulheres, Relações Étnico-Raciais e Diversidades da Pró-Reitoria de Inclusão e Pertencimento da USP, Adriana Alves, foi uma das agraciadas deste ano. A medalha é concedida anualmente a personalidades que tenham contribuído para reforçar os valores do respeito à diferença, à tolerância e à igualdade de oportunidades – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

Além do reitor, também foram agraciadas duas professoras da USP: a diretora da Área de Mulheres, Relações Étnico-Raciais e Diversidades da Pró-Reitoria de Inclusão e Pertencimento da USP e professora do Instituto de Geociências, Adriana Alves; e a secretária municipal da Justiça da Prefeitura da Cidade de São Paulo e professora aposentada da Faculdade de Direito, Eunice Prudente.

Para o reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares, José Vicente, “nesta noite recebemos pessoas maravilhosas, aliadas de uma luta que não é só dos negros, mas que é e precisa ser uma luta de todos os brasileiros. A luta para construir um país em que ninguém tenha um tratamento diferenciado por causa da sua raça ou da cor da sua pele, um país em que todos possam participar e ter orgulho de ver seu pertencimento espelhado em sua própria esfinge”.

Os outros homenageados da noite foram o reitor da Unicamp, Antonio José de Almeida Meirelles; a pró-reitora de Assuntos Estudantis da Unifesp, Luciana Alves; a professora Sandra Miessa, viúva do fundador do Grupo Objetivo, João Carlos Di Genio; a procuradora-geral do Estado de São Paulo, Inês Maria dos Santos Coimbra de Almeida Prado; o desembargador Guaraci Campos Vianna; o deputado estadual Fernando Capez; o presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite; o cônsul-geral dos Estados Unidos em São Paulo, David Hodge; o vice-cônsul de Israel em São Paulo, Aviel Avraham; o presidente da Fundação Padre Anchieta, José Roberto Maluf; o presidente da Associação Brasileira dos Cursos de Formação e Aperfeiçoamento de Vigilantes, Ricardo Correa; e a presidente da ONG Humanitas 360, Patrícia Villela Marino.

Eunice Prudente foi uma das homenageadas da noite. Prestigiaram a cerimônia alunos e docentes da Faculdade Zumbi dos Palmares, representantes da causa negra no Brasil, empresários, artistas e políticos – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.