Hospital Universitário inaugura novo Serviço de Diagnóstico por Imagem

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

(da esquerda para direita) O reitor da USP, de 2001 a 2005, Adolpho José Melfi; o vice-reitor Franco Maria Lajolo; a reitora Suely Vilela; o superintendente do HU, Paulo Andrade Lotufo; a diretora técnica do Serviço de Radiologia, Ilka Regina Souza de Oliveira; e o professor da Faculdade de Medicina, Giovanni Guido Cerri (Crédito da foto: Ernani Coimbra)

A Reitoria investiu R$ 10 milhões na modernização do Serviço de Diagnóstico por Imagem do Hospital Universitário (HU), que aplicou os recursos na aquisição de equipamentos e na construção de um novo espaço. Para comemorar a revitalização do serviço, foi promovida, no dia 26 de agosto, uma cerimônia que contou com a presença da reitora da USP, Suely Vilela, do vice-reitor Franco Maria Lajolo e do superintendente do HU, Paulo Andrade Lotufo, além de dirigentes da Universidade, médicos e funcionários do Hospital.

“A radiologia estava parada no tempo e desatualizada no espaço”, resumiu Lotufo, durante seu discurso, destacando que essa foi a primeira vez, desde a inauguração do Hospital, há 28 anos, que o setor passou por processo de modernização. Segundo ele, o Serviço conta, agora, com equipamentos de última geração para o diagnóstico por imagem, incluindo dois tomógrafos, cinco máquinas de raio X móvel, outras duas fixas e uma telecomandada para exames contrastados e um ultrassom. Outros cinco aparelhos de ultrassom e um raio X digital, também de tecnologia de ponta, estão em fase de aquisição.

Com a aquisição do novo tomógrafo, a capacidade de exames do setor será ampliada em 50% (Crédito da foto: Shinji Nagabe)

Atualmente, são realizados no HU cerca de oito mil exames de RX convencional, dois mil ultrassons e 900 tomografias por mês. Com a aquisição do novo tomógrafo, por exemplo, a capacidade de exames do setor será ampliada em 50%.

“Os métodos diagnósticos, destacando-se os radiológicos, representam, especialmente na atualidade, ferramenta de alta relevância com vistas à determinação das doenças com a maior acurácia possível. Dessa forma, contar com estrutura moderna e avançada representa a oxigenação do setor e aumento substancial de sua capacidade de realizar exames com tecnologias de última geração”, ressaltou Suely Vilela.

Durante a cerimônia, a reitora anunciou, também, que a Comissão de Orçamento e Patrimônio do Conselho Universitário aprovou a concessão de R$ 172 mil, destinados à reforma da ala ímpar da Clínica Cirúrgica do Hospital.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail