Filmes de terror são atração neste mês no Cineclube de São Carlos

Clássicos do gênero serão exibidos nas noites de sábado deste mês, com entrada gratuita

Por - Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=178287
  • 59
  •  
  • 2
  •  
  •  
O Centro de Divulgação Científica e Cultural (CDCC) da USP, no centro de São Carlos (SP), que sedia o Cineclube – Foto: Marcos Santos / USP Imagens
.
Um gênero cinematográfico que conquistou público cativo – o terror – é destaque da mostra de filmes que o Cineclube do Centro de Divulgação Científica e Cultural (CDCC) da USP, em São Carlos (SP), promove neste mês. O ciclo Monstros, a Origem do Terror vai apresentar, nos sábados de julho, dias 7, 14, 21 e 28, sempre às 20 horas, sete clássicos do gênero. A entrada é gratuita.
.
“A representação do medo nas telas não foi tão explorada pelos primeiros cineastas, que davam mais ênfase ao psicológico do que ao visual”, segundo o texto de divulgação da mostra. “A situação se inverteu quando, na década de 1930, os estúdios Universal lançaram uma série de filmes que ficaram conhecidos como ‘Monstros da Universal’, que exploravam figuras tenebrosas do imaginário popular.” Alguns desses filmes, responsáveis pela popularização do cinema de horror, serão apresentados na mostra do CDCC.
.
Cena de O Fantasma da Ópera – Foto: Divulgação / NBCUniversal via YouTube Movies

.
Neste sábado, dia 7, será exibido O Fantasma da Ópera (Phantom of the Opera, Estados Unidos, 1943, 92 minutos), dirigido por Arthur Lubin e estrelado por Susanna Foster, Claude Rains, Nelson Eddy, Edgar Barrier e Jane Farrar. “O Fantasma da Ópera é um filme que reúne um pouco de tudo, afinal, não é sempre que vemos juntos horror, suspense, romance, um pouco de comédia, além de clássicas cenas de ópera e dança”, comenta o crítico Felipe Augusto Hencklain, do Cineclube. “Poderia ser uma grande extravagância, mas tudo se encaixa muito bem em seu momento certo, e cumpre seu papel em prender a atenção do espectador. Merece destaque também a técnica de coloração usada no filme, a famosa Technicolor, que proporciona cenários grandiosos, realmente dignos dos fabulosos palcos das óperas do século 19.”

.
Cena de Drácula – Foto: Divulgação / Movieclips via YouTube
.
Nos dias 14, 21 e 28, haverá sessão dupla. No dia 14 serão apresentados Drácula (Dracula, Estados Unidos, 1931, 75 minutos), com direção de Tod Browning, e A Múmia (The Mummy, Estados Unidos, 1933, 73 minutos), com direção de Karl Freund e a clássica interpretação de Boris Karloff no papel-título.
.
A sessão dupla do dia 21 terá Frankenstein (Frankenstein, Estados Unidos, 1931, 70 minutos), dirigido por James Whale e também com Boris Karloff no papel principal, e A Noiva de Frankenstein (Bride of Frankenstein, Estados Unidos, 1935, 75 minutos), com Whale na direção e Karloff no elenco.
.
Cena de  A Múmia – Foto: Divulgação / Movieclips via YouTube
.
Já no dia 28, os dois filmes a serem exibidos são O Lobisomem (The Wolf Man, Estados Unidos, 1941, 70 minutos), com direção de George Waggner, e O Monstro da Lagoa Negra (Creature from the Black Lagoon, Estados Unidos, 1954, 79 minutos), dirigido por Jack Arnold.
.
Mais informações sobre o ciclo Monstros, a Origem do Terror estão disponíveis na página do Cineclube do CDCC. O CDCC fica na Rua Nove de Julho, 1.227, centro, em São Carlos (SP).
.
  • 59
  •  
  • 2
  •  
  •  

Textos relacionados