Cinema brasileiro é tema de dossiê na “Revista de Estudos Brasileños”

Publicação traz contribuições a partir de colaboração com o “Congresso de História, Arte e Literatura no Cinema”

Por - Editorias: Ciências Humanas
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Cena de Lavoura Arcaica um dos filmes discutidos no dossiê. Foto: Divulgação

A Revista de Estudos Brasileños, publicação das USP e Universidade de Salamanca e da rede Universia, acaba de publicar seu último número (volume 4, número 7, 2017).

A publicação se apresenta como um canal de expressão acadêmico dinâmico e aberto aos que se interessem por tudo o que configura a identidade do Brasil, nos âmbitos de Humanidades e de Ciências Sociais e Jurídicas.

A edição atual apresenta um especial dedicado ao cinema brasileiro, organizado em colaboração com o quarto Congresso Internacional de História, Arte e Literatura no Cinema em Espanhol e Português (CIHALCEP 2017), do Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Salamanca.

São 11 artigos em espanhol que compõem o dossiê, abordando aspectos diversos da produção cinematográfica do Brasil. Entre estes há discussões sobre obras literárias de autores brasileiros adaptadas para o cinema, como Vidas Secas, Até o Dia em que o Cão Morreu e Lavoura Arcaica; e dois textos abordando o clássico Cabra Marcado para Morrer, de Eduardo Coutinho. A cidade de Recife também está na pauta, seja a partir de sua representação no cinema ou pelo papel histórico de suas salas de projeção nos anos 1920.

Os artigos podem ser acessados na íntegra no site da revista.

Mais informações: e-mail reb@usal.es

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados