Dietas restritivas causam prejuízo à saúde e ganho de peso em longo prazo

“Fazer dieta restritiva é uma das coisas que mais assustam e estressam o corpo e o cérebro”, afirma nutricionista autora de livro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Foto: Cecília Bastos/USP Imagens
Com base em estudos científicos, nutricionista mostra em livro por que os regimes alimentares restritivos promovem, em longo prazo, ganho de peso e problemas de saúde – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

A nutricionista Sophie Deram, doutoranda da Faculdade de Medicina (FMUSP), propõe uma nova maneira de ver a nutrição. Baseada em estudos científicos, a autora do livro  O peso das dietas comprova que os regimes alimentares restritivos promovem, em longo prazo, ganho de peso e prejudicam a saúde de quem se submete a tais procedimentos radicais. Publicada uma edição brasileira, em 2014, e uma francesa, em 2016, a obra ainda traz conselhos para ter uma vida equilibrada e dicas e receitas práticas para preparar no dia a dia.

Com uma abordagem inédita, Sophie foi a fundo em todas as pesquisas feitas sobre o tema nos últimos anos e chegou à conclusão que os famosos regimes podem até funcionar no começo, mas cerca de 90% ou 95% das pessoas voltam ao peso inicial, ou até o ultrapassam. O leitor vai aprender que isso acontece porque o cérebro não entende a mudança repentina na alimentação como algo benéfico. Pelo contrário: “O seu cérebro não percebe a perda de peso como um sucesso de beleza; percebe como um grande perigo, e por isso, desenvolve mecanismos de adaptação para proteger você”, explica.

A pesquisadora ainda alerta sobre o perigo das dietas e afirma que deixar de fazê-las é o caminho para viver com qualidade de vida e com o peso saudável. Ou seja, não é preciso cortar o glúten ou se alimentar apenas de proteínas.

Partindo do estudo da nutrigenômica, a ciência que trata de como os alimentos conversam com nossos genes, Sophie apresenta um método científico e revolucionário, em que a contagem de calorias e as restrições alimentares radicais ficam proibidas.

A obra é estruturada em cinco capítulos: Vivemos hoje um terrorismo nutricional, Não sabemos mais o que comer, O poder do cérebro, Os segredos de Sophie e Os segredos de Sophie na prática. De maneira clara e objetiva, Sophie conta seus “sete segredos” para emagrecer de forma sustentável e resgatando o prazer de comer alimentos verdadeiros.

O_peso_das_dietas_capa_2.inddAo final do livro, há uma seção de dicas sobre como organizar o dia a dia na cozinha, com mais de 50 receitas saborosas e fáceis de preparar. O leitor se surpreenderá com receitas de bisteca de porco com shoyu e arroz, por exemplo, uma refeição extremamente restrita para quem faz regime. Sophie deseja mostrar “o quanto é importante escutar o corpo e não obrigá-lo a seguir numa direção que ele não quer!”, afirma.

Segundo a autora, estamos cada vez mais em guerra com o corpo. “Em vez de cuidar dele da melhor maneira possível, tentamos obrigá-lo a seguir numa direção que ele muitas vezes não quer ir, porque ele sabe que não é a direção mais saudável.”

Francesa naturalizada brasileira, Sophie escreveu o livro com o objetivo trazer uma reflexão à sociedade sobre os riscos à saúde provocados por regimes alimentares restritivos, além de fornecer orientações aos pais como subsídio na educação dos filhos. “As crianças consideram difícil ter uma alimentação normal e variada. Se sentem culpadas ao cometer alguns excessos em dias de festa, ir a um fast food de vez em quando ou comer uma fatia de pizza ou de bolo” , finaliza a escritora, que também defende o consumo de alimentos saudáveis e o resgate da culinária familiar.

Sobre a autora

Sophie Deram é nutricionista francesa e brasileira naturalizada, com doutorado em Endocrinologia pela Faculdade de Medicina da USP. Formou-se originalmente engenheira agrônoma na França e então estudou nutrição, primeiro na França e depois no Brasil. Concentrou suas pesquisas em obesidade infantil, nutrigenômica, transtornos alimentares e neurociência do comportamento alimentar. É também pesquisadora no Ambulatório de Obesidade Infantil do Instituto da Criança e no Ambulatório do Programa de Transtornos Alimentares (Ambulim) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. É coordenadora do projeto de genética e do banco de DNA dos pacientes com transtorno alimentar no Ambulim. Como especialista em comportamento alimentar, estilo de vida saudável e perda de peso, Sophie é ativista contra as dietas restritivas e inspira pessoas a viver uma vida mais feliz transformando sua relação com os alimentos e com o seu corpo.

Ficha técnica
Autora: Sophie Deram
Editora: Sensus
Páginas: 320
Preço: R$ 34,90

Adriane Schultz/ Lilian Comunica Assessoria de Imprensa e Editorial

Mais informações: (11) 2275-6787, email assessoria@liliancomunica.com.br

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados