TOC não tem cura, e sim tratamento, segundo psiquiatra

O diagnóstico do Transtorno Obsessivo Compulsivo deve ser feito por especialista

  • 130
  •  
  •  
  •  
  •  

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca 3% da população mundial é atingida pelo TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo, que é caracterizado por quadros em que uma obsessão provoca compulsões repetidamente cumpridas pelo indivíduo.

O TOC é um distúrbio do cérebro causado por uma ansiedade extrema, que costuma se manifestar através de pensamentos indesejados, de compulsões ou comportamentos repetitivos.

Segundo o psiquiatra Rafael Silva, pós graduando da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP, os exemplos mais comuns são lavar as mãos várias vezes para se livrar de germes ou verificar várias vezes se a porta está fechada. Além disso, o diagnóstico do TOC deve ser feito por um psiquiatra, não tem cura e o tratamento é feito à base de medicamentos e terapias.

Ouça a entrevista no link acima.

Por Júlia Gracioli

  • 130
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados