Sobretaxa dos EUA para importação de aço e alumínio é “perigosa”

Professores do Departamento de Direito Internacional da USP reagem à medida recente do governo norte-americano

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

A decisão do governo dos EUA de impor taxas para a importação de aço e alumínio ao País é duramente criticada por especialistas da Universidade de São Paulo.

Para o professor Alberto do Amaral Júnior, da Faculdade de Direito (FD) da USP, a sobretaxa determinada pelo governo de Donald Trump é “atitude beligerante, que provoca uma guerra comercial”. Amaral lembra que “o Brasil será extremamente prejudicado, porque é o segundo maior exportador de aço para os EUA, depois do Canadá”.

Já para Maristela Basso, também professora do Departamento de Direito Internacional da FD, “o presidente Trump inaugurou uma fase de negação de uma ordem global comercial civilizada que nós lutamos muito para ter”. A especialista afirma que “fora dessa ordem, nós vamos novamente à desordem e parece que é isso que o presidente Trump, de forma irresponsável, está tentando fazer”.

Acompanhe as análises ouvindo acima a íntegra da reportagem.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados