Safra de cereais, leguminosas e oleaginosas tem queda este ano

O professor Lucílio Alves, da Esalq, analisa o porquê dessa queda da safra nacional

  • 14
  •  
  •  
  •  
  •  

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou a 7ª estimativa de 2018 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas, com uma projeção de queda de 5,7% comparado com 2017. Mesmo com a manutenção da área plantada, a estimativa para a safra 2018 é de redução de quase 14 milhões de toneladas.

Possível queda do cenário da safra nacional apontada pelo IBGE pode afetar a vida do cidadão brasileiro – Foto: Jonas Oliveira/ ANPr

Para analisar sobre o cenário da safra nacional e de como essa possível queda apontada pelo IBGE pode afetar a vida do cidadão brasileiro, a Rádio USP entrevistou o professor Lucílio Alves, do Departamento de Economia, Administração e Sociologia da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP e pesquisador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

De acordo com o professor, é bom lembrar que há uma redução da oferta agregada em virtude de ajustes em relação a 2017, quando houve recordes de produção e todos os fatores favoreceram a produção agrícola como um todo. “Já para a safra deste ano, que está no final da colheita, não houve um ambiente favorável quando os períodos de seca em certas regiões e o excesso de chuvas ao sul do Brasil afetaram a produtividade.”

Ouça, no link acima, a íntegra da entrevista.

 

 

  • 14
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados