Pesquisa liderada por brasileira detecta fenômeno raro em nebulosa

Astrônomos detectaram rara emissão laser de hidrogênio em estrela no centro da Nebulosa da Formiga

  • 353
  •  
  • 2
  •  
  •  

O Jornal da USP divulgou esta semana uma descoberta feita em pesquisa liderada pela pós-doutoranda do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP, Isabel Aleman. Foi detectada uma emissão rara de gás em estrela no centro de uma nebulosa planetária conhecida como Nebulosa da Formiga.

Nesta edição de Entender Estrelas, o professor João Steiner explica que nebulosas planetárias são formadas pelo gás e poeira ejetados por estrelas de pequena e média massa no final de suas vidas. O nome vem de um engano inicial, quando esses objetos foram detectados no passado, e na verdade não há planetas nessas nebulosas.

A coluna traz mais detalhes sobre qual emissão rara de gás foi essa e o que isso traz de novo aos astrônomos.

Ouça na íntegra no player acima.

Emissão de gases traz novas pistas sobre o fim da vida das estrelas

  • 353
  •  
  • 2
  •  
  •  

Textos relacionados