Mobilizações pelo mundo alertam para os perigos das mudanças climáticas

Parte crescente da sociedade está se conscientizando para os riscos à sobrevivência da espécie humana

Os protestos contra a falta de ações efetivas para reverter as ações humanas responsáveis pelas mudanças climáticas, que reuniram milhares de pessoas no mundo inteiro, são o assunto da coluna do físico Paulo Nussenzveig. “Trata-se de um bem-vindo lembrete de que frações crescentes das nossas sociedades estão se conscientizando sobre os perigos das mudanças climáticas em curso para a sobrevivência da nossa espécie”, destaca. “É um grande desafio reduzir significativamente nossas emissões de gás carbônico na atmosfera.”

O físico conta a trajetória de Greta Thunberg, uma adolescente da Suécia, que, em agosto de 2018, iniciou uma manifestação em frente ao parlamento do país, uma “greve escolar pelo clima”. “Durante 15 dias, ela protestou em horário escolar, manifestando sua intenção de permanecer em greve até que a Suécia adotasse as metas do Acordo de Paris”, relata. “A partir de 7 de setembro de 2018, ela decidiu que voltaria à escola e que protestaria apenas às sextas-feiras, que se tornariam as sextas-feiras pelo futuro. Aos poucos, seu protesto solitário ganhou visibilidade e foi obtendo adesões progressivas de outras crianças e adolescentes, na Suécia e em outros países.”

Nussenzveig lembra que ao longo das últimas décadas o Brasil ocupava posição de liderança na luta contra as mudanças climáticas. “Grandes florestas, como a Amazônica, removem gás carbônico da atmosfera e o fixam na terra. Preservando a floresta, o Brasil contribui para esse processo. No entanto, devido à atuação do novo governo, processos de devastação da floresta voltaram a se intensificar”, aponta. “O Brasil agora se dirige rumo ao precipício a 200 km/h, enquanto antes estávamos responsavelmente respeitando os limites de velocidade. Greta é quem tem razão: precisamos mudar radicalmente o rumo.”

Clique no player para ouvir a coluna Ciência e Cientistas.


Ciência e Cientistas
A coluna Ciência e Cientistas, com o professor Paulo Nussenzveig, vai ao ar quinzenalmente toda quarta-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.