Missão Gaia traz o maior censo sobre a Via Láctea da história

Projeto da Agência Espacial Europeia tem participação de professores da USP e revela muito sobre nossa galáxia

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

A Missão Gaia é um projeto espacial da Agência Espacial Europeia (ESA) para mapear tridimensionalmente a Via Láctea, revelando, nesse processo, sua composição e evolução. O satélite Gaia foi lançado ao espaço no final de 2013, na Guiana Francesa. A missão proporciona, agora, um censo de aproximadamente 1 bilhão de estrelas da Via Láctea, sendo o censo mais completo da nossa galáxia. O professor Ramachrisna Teixeira, do Departamento de Astronomia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP, falou sobre o projeto.

“Hoje, quase todos os profissionais da área de astronomia estavam grudados no evento da imprensa que teve em Berlim, que foi a abertura de dados do arquivo do Gaia”, comenta o professor. Ele explica que com essa base de dados o conhecimento sobre a galáxia deve crescer muito: “Vamos refinar o que já sabemos e podemos até alterar um pouco do que sabemos. Certamente vamos descobrir muito sobre o que não sabemos ainda.”

Pesquisa comprovou que o giro do Sol acompanha, em velocidade, o giro dos braços – Foto: Divulgação / ESO

Sobre a dimensão do projeto, o astrônomo fala que a parte de produção dos dados é feita através de um consórcio de países europeus, congregando cerca de 400 pesquisadores, engenheiros e técnicos. A maioria é de origem europeia, mas há cinco brasileiros nesse consórcio: um em Lisboa, outro no Rio de Janeiro e três professores do IAG-USP.

Ramachrisna Teixeira faz um paralelo do que se sabia até então e do que é possível saber com as informações de agora: imaginando a Cidade Universitária como um sistema solar, até então conhecíamos cidades vizinhas como Campinas, Jundiaí, São Bernardo, etc. Agora teríamos dados confiáveis para conhecer todo o País e além dele. “Temos dados para saber concretamente como é que a nossa galáxia surgiu, como ela evolui e como vai terminar”, conclui o professor.

Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular. Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados