Medicina deve se tornar mais humanística nos próximos anos

Paulo Saldiva diz que é preciso dar atenção aos problemas de infraestrutura urbana porque eles têm impacto significativo na saúde

Como se vem comentando há algum tempo, a população idosa representa cada vez mais uma maior parte da população brasileira. Assim, conforme as cidades se expandem, o povo envelhece.

Paulo Saldiva comenta que nesse novo cenário “a medicina vai ser a mais nova das humanidades do século 21”. Isto é, para o colunista, os médicos terão que discutir sobre a ocupação urbana, o pesado regime de trabalho atual e a forma como cada vez se tem menos tempo para si.

De acordo com o professor, isso tudo só será possível a partir da inserção de novos conhecimentos no currículo dos cursos de medicina.

Pelo player acima, ouça a íntegra do comentário.


Saúde e Meio Ambiente
A coluna Saúde e Meio Ambiente, com o professor Paulo Saldiva, vai ao ar toda segunda-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •